Homem que teve a testa tatuada com ‘sou ladrão e vacilão’ é preso mais uma vez

A Guarda Civil da cidade de Cotia, na Região Metropolitana de São Paulo, prendeu, na manhã deste último domingo (27), Ruan Rocha da Silva, de 22 anos. O nome pode até em primeira mão ser desconhecido, todavia, Ruan ficou bastante conhecido por ter sido tatuado na testa há cinco anos com a seguinte frase “eu sou ladrão e vacilão”.

O jovem foi detido, conforme com os agentes, por suspeita de furtar uma casa. Os moradores locais onde fica o imóvel disseram que ele pulou a janela do banheiro e foi encontrado na sala do apartamento. As informações foram compartilhada pelo jornal Folha de São Paulo.

Recomendamos