Dani Alves é condenado a 4 anos e 6 meses de prisão

O jogador Daniel Alves foi julgado como culpado, pelo abuso de uma modelo de 24 anos na Espanha, e sua sentença foi divulgada.

Como foi a decisão?

A sentença do jogador é de 4 anos e 6 meses de prisão, por conta de ter cometido o abuso da modelo numa boate na Espanha. O Ministério Público Espanhol solicitou 9 anos de prisão, e a defesa particular pedia 12 anos de reclusão.

Em decisão a justiça considerou o pagamento de multa feito no valor de R$ 900 mil (150 mil euros) (ajuda que o jogador recebeu de Neymar) esse valor é repassado a modelo vítima do crime, por danos morais e físicos.

Após 15 dias do julgamento do caso, o Superior Tribunal de Justiça da Catalunha, trouxe a pena do jogador. Além de 4 anos e 6 meses de reclusão, Daniel Alves ainda será observado durante 5 anos após sua liberdade.

Daniel Alves também não pode falar com a vítima ou se aproximar a menos de um raio de 1 km da casa da modelo.

Contudo o ex-lateral da seleção brasileira também recebeu a condenação de inabilitação especial por exercício de emprego, cargo público, profissão ou comércio relacionado com menores, que validará por 5 anos após cumprir sua pena de reclusão.

A corte que julgou o caso entendeu que o jogador usou de sua força física para segurar a vítima sem consenso, e se abusou da mesma naquela noite.

Leia também:

O ex-jogador de futebol Daniel Alves, segue preso na Espanha, o mesmo vale lembrar está detida após ser acusado de abusar de uma jovem modelo, em uma casa noturna no país. Contudo uma notícia que chega agora da bastante oque falar nas redes sociais, é que o jogador planeja fugir para o Brasil caso tenha liberdade condicional, pelo menos foi isso que revelou seu colega de cela.

Após a informação começar a dar oque falar nas redes sociais, foi dito que em breve se saberia a identidade do homem que fez a revelação. Vale lembrar que em último depoimento, o jogador confirmou que tinha ingerido álcool no dia em que foi acusado de abusar da modelo, sem seu consentimento, no banheiro da boate.

O ex-jogador confirmou ao juiz que teria exagerado na bebida no dia do ocorrido. Ele disse que tinha pedido ao menos 5 garrafas de vinho e uísque na noite, o mesmo teria consumido duas garrafas e mais uma dose de uísque.

Vale lembrar que na Espanha a uma lei em que permite reduzir a pena até pela metade, se for constatada a embriaguez. Logo o jogador assumiu o excesso no uso de bebidas alcoólicas no dia, e nega que tenha tido relações com a modelo sem seu consentimento.

Na web muitas pessoas se surpreenderam com a acusação feita, envolvendo Daniel Alves. O ex-jogador do Pumas do México, acabou vendo seu nome envolvido em um escândalo, que virou sua carreira de cabeça para baixo, muita pessoas que são fãs do jogador não acreditam do crime que ele é acusado.

No Brasil temos o exemplo do ex jogador Robinho, esse foi condenado por abuso coletivo, e segue no Brasil. A justiça italiana tenta uma transferência do jogador ao país, ou exige que ele cumpra pena no Brasil.



Recomendamos