Daniel Alves muda versão pela terceira vez, e relato da vítima de abuso ganha força

O ex-jogador do Pumas-MEX Daniel Alves, segue detido desde o último dia 20 de janeiro, o jogador é acusado por uma jovem de 23 anos, de agressão e abuso, em uma boate, ainda no mês de demoro de 2022 em Barcelona. Tivemos uma atualização do caso nesta quarta, pelo jornal colombiano El Tiempo que trouxe a notícia de que o jogador mudou novamente sua versão sobre o caso, devido a essas mudanças, seu processo se complica ainda mais.

Até onde foi informado, o jogador desta vez afirmou que houve de fato penetração vagi nal, no ato ocorrido, oque ele tinha dito que não em sua segunda versão. No manifesto agora segue a investigação, se a relação entre as partes envolvidas foi consensual.

Recomendamos