‘Ele me agarrou pela nuca’: vítima de abuso relata o que Daniel Alves teria feito na noite do crime

No processo que ocorre contra o jogador de futebol Daniel Alves, tivemos mais um capítulo, depois do depoimento do gerente da boate Sutton, Robert Massanet. Ele contou que na noite do ocorrido, ele encontrou a vítima que acusa o jogador de abuso, chorando copiosamente. Ele relatou que a moça foi consolado por seus amigos na boate, e o jogador foi embora junto de seus amigos.

O jornal catalão La Vanguardia acabou tendo acesso a mais detalhes do depoimento do gerente da boate. Segundo oque apurou o jornal, logo após Daniel Alves ficar trancado junto com a vítima por 16 minutos no banheiro da boate, a vítima contatou a prima, dizendo que queria deixar o local. Se sabe que outras duas amigas da moça, tinham acabado de sair da boate, justamente pelo comportamento agressivo de Daniel Alves.

Recomendamos