Após intimação, esposa de Bruno cria vakinha para marido pagar pensão e gera revolta: Nós não temos

A esposa do goleiro Bruno Fernandes, Ingrid Calheiros, acabou fazendo algo inusitado neste final de semana e revoltou há muitos. O goleiro foi condenado a 22 anos por mandar matar Eliza Samudio, que cobrava pensão do filho com o até então atleta.

Bruno foi condenado a pagar 90 mil reais de pensões a Sônia Moura, mãe de Eliza Samudio. A mesma estava na justiça pedindo pelo goleiro, que nem após o exame de DNA assumiu o filho, e nunca tinha pago as pensões.



Recomendamos