Adriane Galisteu surpreende após expor verdade sobre HIV e lamenta duramente: “Não podia contar”

Adriane Galisteu recentemente quebrou o silêncio ao participar do Faustão na Band. Participando do famoso Arquivo Pessoal do programa, a loira desmascarou a morte de seu irmão Albert, que era HIV positivo em 1996. Ele tinha apenas 28 anos na época e a causa da morte era secreta.

Ela também está preocupada com a reação do público por causa de seu relacionamento com Ayrton Senna e mais: “Eu não poderia contar a história na época por causa do preconceito enorme que vem com essa doença. É muito difícil encontrar alguém para te ajudar”, concluiu a apresentadora.



Recomendamos