Madrasta “ficou rindo” ao servir feijão envenenado para enteado

A filha de Cíntia Mariano Dias Cabral, presa suspeita de envenenar o próprio enteado no Rio de Janeiro, contou em declaração que a mãe “ficou rindo” ao servir feijão envenenado ao jovem. Segundo com o esclarecimento, o jovem de 16 anos chegou a perceber o sabor do feijão, porém a madrasta riu e colocou mais do alimento no prato.

Outro filho da acusada também contou em depoimento que a mãe assumiu ter colocado chumbinho no feijão que seria servido ao enteado, com a intenção de tirar a vida do garoto. As informações são exclusivas do portal Extra.



Recomendamos