Casais que se conheceram em aplicativos de namoro preferem relacionamento sério

Os aplicativos de namoro estão se tornando algo cada vez mais comum na atualidade. A organização das plataformas permite visualizar diferentes perfis de acordo com os seus gostos e interesses pessoais, e ainda é possível conhecer a fundo sobre cada pretendente com detalhes íntimos que pessoalmente só poderiam ser descobertos com longas horas de conversa. 

Pessoas que se cadastrem em aplicativos de namoro só querem curtição?

Não é bem isso que está acontecendo com os usuários desses aplicativos. Um estudo demonstrou que as pessoas que conhecem os seus parceiros por meio de aplicativos de namoro geralmente possuem o desejo de construir um relacionamento de longo prazo mais fortes, algo totalmente diferente da ideia de que a tecnologia incentiva o namoro casual em vez de compromisso.

Os pesquisadores disseram que as mulheres que conheceram seus parceiros no aplicativo também mencionaram seu desejo e planos de ter filhos em curto prazo, e apontaram que esse tipo de amor é mais comum no amor por aplicativo do que em outros métodos convencionais. 

A Internet está mudando profundamente a maneira como as pessoas se entendem

O estudo diz que os aplicativos de namoro estimulam pessoas com diferentes níveis de escolaridade a se “misturarem”, principalmente mulheres com alto grau de escolaridade e homens com baixo grau de escolaridade.

Ela acrescentou que os aplicativos também podem promover relacionamentos à distância, porque os usuários podem se conectar com pessoas que vivem por mais de 30 minutos.

Aposte em novos relacionamentos 

Quebre o preconceito com os aplicativos de namoro e tente descobrir algo novo, o grande amor da sua vida pode estar por trás de uma tela aguardando apenas um clique para construírem a sua história de amor. 

PRESTE ATENÇÃO!

Assim como os aplicativos de namoro proporcionam bons encontros, ele também podem ser uma ferramenta utilizada por pessoas com más intenções, por isso, busque se relacionar com cautela, não dê tantas informações sobre a sua vida logo nas primeiras conversas, e quando forem se encontrar pessoalmente opte por escolher lugares onde há intensa movimentação. E só comece a introduzir a pessoa na sua vida após ter certeza da sua integridade.