6 mitos sobre o amor que todo mundo ainda acredita

Alguns clichês são tidos como certos, mas acredite, eles podem destruir o seu relacionamento. Aprenda o que são esses “mitos de amor” mais populares e como eles afetam seus relacionamentos.

1. Os opostos se atraem

Em geral, acredita-se que pessoas com características e personalidades diferentes se atraem, porém a realidade é totalmente diferente. Uma pesquisa recente demonstrou que pessoas que possuem interesses, opiniões e valores comuns estabelecem uma base mais forte em um relacionamento. Se as idéias e hábitos forem incompatíveis, haverá mais brechas para desacordos e conflitos .

2. Você pode mudar as atitudes do seu parceiro

Embora você ame o seu parceiro (a), algumas características do comportamento dele podem lhe trazer um certo desconforto. Se você pensa que por meio do amor será capaz de controlar e mudar os hábitos e temperamento da outra pessoa, você está enganado. É melhor estar com alguém que tenha traços de personalidade semelhantes aos seus, para que seja possível adaptá-los às suas necessidades e, assim, construir um relacionamento muito mais feliz e duradouro.

3. Morar junto ajuda a entender um ao outro

Você pode pensar que morar sob o mesmo teto é uma boa maneira de conhecer seu parceiro de perto, mas essa decisão tem suas desvantagens. Ao morar junto, há pressão para formalizar o relacionamento. Além disso, se você sucumbir à pressão social e se casar, isso pode levar a desentendimentos no futuro. Portanto, é melhor passar algum tempo, desenvolver relacionamentos e estar com pessoas que têm pensamentos semelhantes, em vez de antecipar coisas e, eventualmente, se machucar e se arrepender.

4. Você só encontrará o verdadeiro amor na “alma gêmea”

O conceito de “alma gêmea” está errado porque faz com que todos acreditem que apenas uma pessoa é o seu melhor parceiro e pode amar você. Na verdade, não há alma gêmea para você. Ao contrário, um casal cresce junto no relacionamento e se desenvolve com o desenvolvimento de pessoas que se entendem e se respeitam. Ambas as partes precisam trabalhar duro, fazer compromissos e fazer ajustes para tornar o vínculo forte e vibrante.

5. O amor tem uma data de validade

Se você acredita que o amor desaparecerá com o passar do tempo, você está errado. Estudos mostram que muitos casais que estão em um longo relacionamento ainda sentem a mesma intimidade e amor que sentiam nos primeiros dias do namoro. Com o passar dos anos, essa relação fortaleceu a conexão e reduziu o estresse que costumava surgir no início. Se você e seu parceiro fizerem um esforço consciente para prestar atenção e inspirar sua paixão comum, você poderá reter seu amor.

6. Amor à primeira vista

Estudos têm mostrado que o chamado “amor à primeira vista” é mais atraente do que o amor verdadeiro. Com o passar do tempo, outros fatores são necessários para manter o amor forte. Além da atração física, compreensão, respeito e compatibilidade também ajudam a construir relacionamentos duradouros.

Esses são alguns “mitos de amor” que ainda existem no mundo. Claro, várias pessoas já experimentaram algumas dessas experiências de forma positiva. Portanto, não pode ser generalizado, mas é melhor atentar para buscar relacionamentos mais fortes e maduros.